domingo, 21 de outubro de 2012

Quando o sentimento transcende o contato físico. Mais que corpos, almas! "Maktub"


“Seria apenas mais uma história, se não tivesse tocado a alma…"
Se retomarmos a doutrina espírita, podemos afirmar que Allan Kardec foi um dos poucos filósofos de seu tempo a discorrer sobre o amor e suas implicações. Afirmou, à época, que “nem a lei civil, nem os compromissos que ela faz contrair podem suprir a lei do amor se esta lei não preside a união”. Não há lei maior do que a lei do amor.  Eu confesso que isto, me toca. É incrível, como algumas histórias de amor parecem mesmo ser escritas pelo destino. É como se tivessem que acontecer. Claro, que isto não determina que as pessoas ficarão juntas e serão felizes para sempre, pois eu acredito que o destino pode aproximar duas pessoas, mas nossas escolhas é que definem a vida, temos livre arbítrio. São nossas ações e comportamentos, a partir destas escolhas que mudarão ou não nossas vidas, pois somos sujeitos de nossa própria história! Porém, estas esperas, encontros e desencontros, muitas vezes nos faz em entender o que é um amor de almas.
Seriam questões de outras vidas?  Na luz do Espiritismo, a explicação para esses laços são as vidas sucessivas. Mesmo que nós não acreditemos em reencarnação, o passado cármico estaria escrito no inconsciente. E quando dormimos, nosso espírito se torna livre da matéria por algumas horas e “relembramos” tudo. Nesta crença, conscientemente ou inconscientemente  todos saberiam porque sofrem, ou porque atraimos ou não determinada pessoa. No entanto, você conta com o livre arbítrio. Não devemos ficar com alguém por obrigação, mas por amor, devemos sempre escolher o amor. Pois é o verdadeiro amor o único capaz de nos faz levar à plenitude, inclusive do prazer.
Não posso afirmar que sejam laços fortes de de vidas passadas, mas acredito em amor de almas. Daqueles que mesmo sem tocarmos, somos capaz de sentir. Como aquelas pessoas que não sabemos explicar porque, mas sabemos, subjetivamente o quão são especiais, por alguém motivo além do físico. Creio que todo amor de verdade nasce na alma. É um sentir para além dos desejos carnais. Nele não são precisos alardes e nem ruídos. Não cabem rumores e nem juízes. É daqueles sentimentos que pertence à suas entregas e cumplicidades infinitas e silenciosas. Nele não cabem interrogações. É feito de exclamações e afinidades afirmativas. É, sem que necessariamente tenha ocorrido o contato físico.
É um sentimento raro, onde amor e desejo florescem das entranhas. E cresce ali, em suas reservas, em seus segredos, em suas esperas infinitas. E quando chega a gente entende que estava guardado, esperando por nós num tempo que não se dimensiona.  É atemporal.
Não necessita de alardes. É suficiente a quem o sabe, porque de tão bonito reserva aos seus o encantamento. E é forte porque o próprio desejo carnal não se sustenta apenas no contato físico, mas nos pilares de todo sentimento grandioso e verdadeiro: a admiração, o afeto, o respeito.  Traz em si a completude. É um sentimento dialético, de euforia e calma. Enquanto o corpo arde em desejo, e pede urgências, a alma esconde um sossego bom, como um parêntese, que guarda a palavra mais bonita. 
É feito fogo e água, é feito sol e chuva,  vinho e pão, fome e sede, é visceral  no sentido mais profundo da palavra, como vertigens causadas por fomes ancestrais.
Grita por dentro, mas não precisa alardear-se por fora, reserva-se silenciosamente entre os seus. Porque de tão bonito, quer preserva-se de tudo que possa tentar destruí-lo.
Para este sentimento não existe distância, e transcende a necessidade física, porque o outro está ali, do lado de dentro.
“E quanto se pode amar? Se for amor mesmo, não cabe numa vida... e nem na gente...” Por ser amor de alma, ecoa "ADINFINITUM". Alguns amores não nos cabe entender, mas sentir. Maktub - estava escrito! É um desejo puro, visceral, das profundezas da alma. E independente do livre arbítrio, sempre chegaremos ao encontro do que nos está destinado. Ainda que essas duas pessoas não permaneçam juntos corporalmente, há um momento eterno nesse encontro de almas.
 Os amores mais puros não entendem sobre distância e impedimentos.  É um sentimento que vive de eternidade, e sabem que há vale a pena esperar para que a alma e o corpo se unifiquem, porque têm consciência que há momentos podem valer por uma vida inteira, entende de intensidades mais do que de quantidades.  Transcende o mundo da matéria. É singular.
Mesmo no campo da sexualidade,  o verdadeiro desejo está ligado à alma, como dizia Platão: "Eros esse Deus poderoso diz mais respeito à alma que ao corpo".
E Adélia Prado afirmou: "erótica é alma"!
Em Eros, encontramos um princípio de ligação que nos possibilitou entender a necessidade dialética instintiva do  corpo para alimentar a alma e a mente, permitindo as fantasias e o erotismo, sem os quais a sexualidade perde sua plenitude e o alimento fundamental para o corpo sexual. a sexualidade pode ser entendida como “o termo que se refere ao conjunto de fenômenos da vida sexual”, envolvendo, além da dimensão biológica, os relacionamentos, o erotismo, a fantasia, o prazer e também questões culturais, religiosas, simbolizações, a própria construção humana, não se limitando apenas às genitálias. Há amores que nos tocam sem tocar, nos abraçam com palavras, nos acariciam pela simples existência. E se o encontro físico acontecer, será o momento de êxtase mais sublime e pleno que poderá existir.
A tríade Sexualidade, Sexo e Amor, no sentido de afeto é que proporciona a sensação maior de bem estar, que nos dá leveza, que nos impulsiona para enfrentar as demandas da vida com mais vigor. Nessa junção de necessidade de prazer e sentimento, que todo ser humano tem, de buscar sensações, bem-estar, prazer, afeto, contato e carinho. Isso justifica a necessidade de interligação. Pois, só essa tríade nos permite manifestar através de diferentes maneiras a nossa sexualidade através do bem-estar, alegria, estímulo, desejos, fantasias, sonhos, amor, afeto, carinho, contato físico, sexo, sensibilidade, prazer, entre outros. O verdadeiro sentimento de amor, pode envolver o corpo, mas não se desvincula da alma. Não fragmenta o sentir, complementa-se, sacramenta-se.
Fazer sexo com afetividade é pensar na sexualidade como a mais fundamental e bela expressão da vida. É qualificar a primária necessidade biológica, é a junção do instinto com a subjetividade, do animal com o humano. Quando a necessidade do outro envolve amor e tesão, atinge-se a plenitude da alma. E a relação pauta-se na leveza, no bem estar, numa relação sexual humanizada, afetiva, prazerosa e significativa.  O verdadeiro prazer não é aquele de um momento, mas aquele se incorpora na vida. 
Quem compreende a sexualidade como celebração da vida, sabe que ela ultrapassa o físico. É uma comunhão de corpos e almas! É um desnudar-se completamente. Inteiramente. E até mesmo o próprio ato sexual, ganhe um significado para além do carnal, funde-se nele o afeto e o instinto. Alimenta-se o corpo e alma. Simbiose. Vivencia-se nele todos os sentidos: tato, olfato, audição, gustação. Comunga-se e contempla-se o outro na sua inteireza. Compreende-se então, a beleza da fusão. Porque além de ser sentido, o prazer ganha sentido. Entende-se enfim, que a sexualidade é a expressão mais bela e plena da vida, e para além dela.
(Cláudia Bonfim)


segunda-feira, 1 de outubro de 2012

OUTUBRO ROSA! FAÇA O AUTOEXAME DE MAMA

TOCAR-SE É UM ATO DE AMOR!

 Este é o mês escolhido mundial mundialmente para ações e campanhas de conscientização sobre o câncer de mama, que é o tipo de tumor mais comum entre as mulheres. Toque-se! Previna-se! Faça o autoexame, pois através deste simples toque  é possível notar a presença de nódulos, sintoma mais recorrente da doença.  Importante salientar que a primeira mamografia deve ser feita por volta dos 35 anos de idade. A partir dos 40, deve-se realizar o exame a cada dois anos e, depois dos 50, deve ser realizado anualmente.


sábado, 8 de setembro de 2012

Dia Mundial da Saúde Sexual no Paraná: sucesso absoluto!

CLIQUE NO ÁUDIO POST ACIMA E CONFIRA OS DETALHES DO EVENTO 
 Pela primeira vez o Estado do Paraná foi um dos palcos dos eventos comemorativos do Dia Mundial da Saúde Sexual, celebrado na cidade de Curitiba, no dia 03 de setembro de 2012, com atividades gratuitas, abertas à toda população durante todo o dia, no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Curitiba, que sediou o evento. 
Além da capital paranaense, outras capitais metrópoles brasileiras se uniram simultaneamente, desenvolvendo outras atividades, Porto Alegre e São Paulo.
A Coordenação geral para o Brasil dos eventos comemorativos do Dia Mundial da Saúde Sexual está sob a responsabilidade representante da WAS, a médica Jaqueline Brendler. 
No Estado do Paraná, a Coordenadação do Dia Mundial de Saúde Sexual está sob a responsabilidade da Professora Doutora Cláudia Bonfim, a realização e organização do evento do Dia Mundial da Saúde Sexual foi  do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexual (GEPES PET MEC FDB CAPES). O GEPES é um grupo PET totalmente financiado pelo Ministério da Educação, dentro do Programa de Educação Tutorial e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 
Outros países também se uniram com único objetivo: incentivar a saúde e os direitos sexuais. Entre eles: Venezuela, México, Japão, Argentina, Austrália, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Guatemala, Grécia, Holanda, Inglaterra, Islândia, Itália, México, Nigéria, Noruega, Portugal, Quênia, Suécia, Venezuela e Porto Rico.
O evento é promovido pela Associação Mundial para a Saúde Sexual (World Association for Sexual Health -http://www.worldsexology.org/) que, há mais de 30 anos, possibilita o encontro de pesquisadores e interessados em debater o tema que, para muitos, ainda é considerado tabu. Durante um dia inteiro pessoas de todo o mundo trocaram conhecimentos, ideias e experiências como forma de aprimorar as discussões em defesa de mudanças nas políticas públicas, para reconhecer a importância da sexualidade, da saúde sexual e direitos sexuais.
O dia em Curitiba foi marcado com uma programação que mesclou temas do escopo da sexologia como formas de levar informações ao público que participará dos eventos no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, em Curitiba, assim como, em outras capitais/metrópoles além dos demais países participantes. A data oficial de comemoração mundial é dia 04 de setembro, contudo, cada País/Metrópole escolherá a data de acordo necessidades (estruturais, público, etc). 
O objetivo geral do evento foi debater a melhoria das políticas públicas em relação à saúde, educação sexual e aos direitos sexuais e nesse ano em especial pensar a educação sexual e a diversidade. A programação englobou diversas palestras e mesas redondas sobre a temática da sexualidade abertas gratuitamente à toda população. 
Todos os palestrantes do evento são pesquisadores e estudiosos que, voluntariamente promoveram o debate sobre temáticas que giram em torno do slogan de 2012: "No mundo diverso, Saúde Sexual para Todos" que incluiu a educação sexual escolar e sexualidade e necessidades especiais, grupo LGBTS, Diversidade Sexual e Gênero etc. 
Gratidão é uma virtude de poucos, que procuro cultivar em mim. Então, quero hoje agradecer a todos e todas que, direta ou indiretamente, me ajudaram na organização ou participaram do I Simpósio do Dia Mundial de Saúde Sexual no Paraná: " No Mundo Diverso, Saúde Sexual para Todos", realizado neste dia 03 de setembro, na cidade Curitiba Paraná, promovido pela Associação Mundial de Saúde Sexual (WAS). 
Jaqueline Brendler, obrigada por me confiar essa missão, espero ter atingido suas expectativas.


Em especial, meu agradecimento de coração ao Prof. Dr. Marcos Schiefler Filho, então diretor geral do Câmpus Curitiba, obrigada pelo apoio desde o primeiro contato que fiz na UTFPR de Curitiba, e durante todo processo de organização e viabilização do evento, não mediu esforços para nos atender, abrindo as portas da Universidade para apoiar eventos desta natureza que visam beneficiar toda sociedade, meu agradecimento também, à Profª Dra Sonia Ana Lezczynski por encampar nossa ideia por indicação do Prof. Schiefler, aceitando nosso convite para  nos ajudar na co-coordenação deste evento, em nome de quem também estendo meus agradecimentos a todos e todas da UTFPR-Curitiba.


A todos e todas que foram palestrantes muito obrigada! A todos e todas que participaram e fizeram conosco esse evento lindo e qualitativo da UTFPR, da SEED, da SME de Curitiba. Hamilton Vieira, Vagner Custódio, Sonia Ana, Hilda Aloisi, Dayane Brunetto, Lindamar Casagrande. Em especial a todos e todas do Gepes Mec, meus petianos e petianas, mas um agradecimento especial à Petiana Cíntia Cezário, que não mediu esforços para nos ajudar em todos os momentos, desde o pré-evento, meu sincero e carinhoso obrigado, sabes que você é, um dos meus braços direitos no grupo a quem confio e desafio sempre! Aos quarenta docentes e alunos da Faculdade de Ensino Superior que estiveram presentes em Curitiba em no evento, a quem agradeço em especial à direção da Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco pelo apoio incondicional sempre e ao Prof. Livaldo Teixeira da Silva, Coordenador do Curso de Pedagogia em nome de quem estendo a todos e todas discentes, docentes, funcionários da Faculdade Dom Bosco o apoio incondicional sempre.


Meu muito obrigada também às equipes da Secretaria de Estado de Educação do Paraná, do Departamento de Diversidade pelo apoio e participação no evento e também da Secretaria Municipal de Educação de Curitiba-PR.

Meu agradecimento também ao Toni Zaneti e Daya Zaneti pelo registro fotográfico do evento.

ENFIM, "TUDO VALE A PENA QUANDO A ALMA NÃO É PEQUENA!"  VALEU A PENA!


Abaixo alguns flashes do evento:












































quinta-feira, 6 de setembro de 2012

6 de setembro: Dia do Sexo?




6 de setembro é comemorado o Dia do Sexo. Essa ideia tem sua origem em 2008, através de uma ação de marketing da empresa de preservativos Olla, argumentando que “faltava um dia em homenagem a aquilo que deu origem a tudo” e que deveria ser comemorado em data convenient
e: 6/9, com  alusão a uma posição sexual das mais conhecidas.


Hoje, há diversos simpatizantes para a campanha isso significa que, para quem precisa de pretexto para deixar rolar, ou para quem está louco para tentar alguma coisa nova para enlouquecer o parceiro ou a parceira na cama – ou não necessariamente nela – hoje é o dia certo.



De qualquer modo, uma data oficial ou não, simplesmente falar não é o melhor jeito de honrar a data e celebrar na prática literalmente esse dia gostoso. Porém, vale lembrar que sexo para ser significativo tem que ser mais que tesão, tem que se ter responsabilidade corporal e afetiva! E claro, não esquecer aquele cuidado que é o mais importante de todos: a camisinha.



Sexo bom é sexo seguro. Não interessa se você está namorando ou já é casado há anos. Use camisinha e garanta que a sua comemoração terá tudo para ser inesquecível e, acima de tudo, sem nada pelo qual se arrepender no dia seguinte. Eu indico a camisinha feminina Della! Aliás quem esteve no I Simpósio do Dia Mundial de Saúde Sexual ganhou esse preservativo!



Todo dia é dia sexo. Mas a data serve para refletirmos sobre a necessidade de se fazer sexo seguro e dar a ele um significado humano.



Fazer sexo com afetividade é pensar na sexualidade como a mais fundamental e bela expressão da vida. É qualificar a primária necessidade biológica, é a junção do instinto com a subjetividade, do animal com o humano, é pensar na importância da humanização da sexualidade, especialmente em tempos de uma sexualidade virtualizada, mecanizada, deserotizada e pornográfica.



É dar significado à vivência da sexualidade e do sexo, pautar-se não apenas do instinto biológico momentâneo, mas na significação, na satisfação corpo e alma, na qualidade das relações afetivo-sexuais que estabeleço e no quanto elas podem ser fundamentais para meu bem- estar físico e psicológico. É conseguir ver e sentir prazer além das genitálias, compreendendo que não faço sexo com genitálias, com uma coisa ou um objeto, mas com uma pessoa, que possui corpo e mente, alma. São corpos eróticos que sentem e se sentem, que buscam prazer, mas precisam de toque, carinho, sentidos, significados, que devem saboreados, mas admirados e respeitados. É conseguir ir além de um prazer momentâneo, que vê o outro apenas como um corpo objeto.


Amor e sexo são sinônimo de sexualidade, inteireza, leveza, bem-estar, relação sexual humanizada, afetiva, prazerosa, significativa. E ainda que a sociedade e a cultura tenham mutilado as partes. Lhes afirmo: não tem que ser uma coisa ou outra, para ser pleno tem que a fusão de desejos carnais, com sentimentos humanos, tem que ser latifúndio e invasão, prosa e poesia, divino e animal, bossa nova e carnaval, escolha e sorte, isso e aquilo, vir de si e do outro e demorar, ultrapassando o tesão de um momento e se tornar um prazer que se incorpora na vida como bem-estar. Para ser pleno tem que ser pensamento e teorema, novela e cinema. Para ser completo tem que ter e ser sentido, com corpo e alma, para ter nexo, tem que ser amor e sexo, animal e humano, selvagem e doce, dialético, explosão e calma, inquietação e paz. É um dia literalmente gostoso para ser comemorado com responsabilidade afetiva e corporal, consigo e com o outro.

"Quem compreende a sexualidade como celebração da vida, sabe que ela ultrapassa o físico. É uma comunhão de corpos e almas! É um desnudar-se completamente. Inteiramente. E até mesmo o próprio ato sexual, ganha um significado para além do carnal, funde-se nele o afeto e o instinto. Alimenta-se o corpo e alma. Simbiose. Vivencia-se nele todos os sentidos: tato, olfato, audição, gustação. Comunga-se e contempla-se o outro na sua inteireza. Compreende-se então, a beleza da fusão. Porque além de ser sentido, o prazer ganha sentido. Entende-se enfim, que a sexualidade é a expressão mais bela e plena da vida!" (Cláudia Bonfim)

Termino este post com este belíssimo texto de Hilda Hilst:




Tempo do corpo este tempo, da fome
Do de dentro. Corpo se conhecendo, lento,
Um sol de diamante alimentando o ventre,
O leite da tua carne, a minha
Fugidia.
E sobre nós este tempo futuro urdindo
Urdindo a grande teia. Sobre nós a vida
A vida se derramando. Cíclica. Escorrendo.

Te descobres vivo sob um jogo novo.
Te ordenas. E eu deliquescida: amor, amor,
Antes do muro, antes da terra, devo
Devo gritar a minha palavra, uma encantada
Ilharga
Na cálida textura de um rochedo. Devo gritar
Digo para mim mesma. Mas ao teu lado me estendo
Imensa. De púrpura. De prata. De delicadeza.

(Hilda Hilst - Prelúdios intensos para os desmemoriados do Amor.)

Revejam os posts dos anos anteriores referentes a esta data no Blog e indico que vejam os audio posts abaixo:


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Mais que corpos. Almas!



Parafraseando Platão: "Eros esse Deus poderoso diz mais respeito à alma que ao corpo". E Adélia Prado afirmou: "erótica é alma"!Em Eros encontramos um princípio de ligação que nos possibilitou entender a necessidade dialética instintiva do 
corpo para alimentar a alma e a mente, permitindo as fantasias e o erotismo, sem os quais a sexualidade perde sua plenitude e o alimento fundamental para o corpo sexual. a sexualidade pode ser entendida como “o termo que se refere ao conjunto de fenômenos da vida sexual”, envolvendo, além da dimensão biológica, os relacionamentos, o erotismo, a fantasia, o prazer e também questões culturais, religiosas, simbolizações, a própria construção humana, não se limitando apenas às genitálias.
A tríade Sexualidade, Sexo e Amor, no sentido de afeto é que proporciona a sensação maior de bem estar, que nos dá leveza, que nos impulsiona para enfrentar as demandas da vida com mais vigor. Nessa junção de necessidade de prazer e sentimento, que todo ser humano tem, de buscar sensações, bem-estar, prazer, afeto, contato e carinho. Isso justifica a necessidade de interligação. Pois, só essa tríade nos permite manifestar através de diferentes maneiras a nossa sexualidade através do bem-estar, alegria, estímulo, desejos, fantasias, curiosidade d o outro, relacionamentos de amizade, amor, afeto, carinho, contato físico, sexo, sensibilidade, prazer, entre outros. Portanto, cuidado com as pessoas com as quais você compartilha sua energia íntima.
"A intimidade, a este nível, entrelaça sua energia com a energia da outra pessoa. 
Essas conexões poderosas, independentemente de quão insignificante você acha que elas sejam, deixam detritos espirituais, particularmente nas pessoas que não praticam qualquer tipo de limpeza física, emocional ou de outra forma... Quanto mais você interagir intimamente com alguém, mais profunda será sua ligação e mais suas auras se entrelaçarão. Imagine a aura confusa de alguém que dorme com várias pessoas e absorve estas múltiplas energias? O que elas podem não perceber é que há energias que conseguem repelir a energia positiva e atrair, assim, energia negativa em sua vida."

Portanto, fique atento e cuide-se. Nunca se relacione intimamente com alguém que cuja admiração seja apenas corporal. A admiração deve envolver, corpo e alma.

domingo, 26 de agosto de 2012

Lançamento "Desnudando a Educação Sexual" em Curitiba-PR

E o próximo lançamento do meu livro será em Curitiba-PR! :)Que pela primeira vez será um dos palcos dos eventos comemorativos do Dia Mundial da Saúde Sexual, que será celebrado, no dia 03 de setembro de 2012, no auditório da no auditório da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Curitiba (UTFPR), que irá sediar o evento, com atividades gratuitas, abertas à toda população, durante to
do o dia, VAGAS LIMITAS! Restam poucas vagas. SOLICITE JÁ SUA FICHA DE INSCRIÇÃO GRATUITAMENTE PELO EMAIL: diamundialdasaudesexualparana@gmail.com I SIMPÓSIO DO DIA MUNDIAL DE SAÚDE SEXUAL: "No mundo diverso, Saúde Sexual para Todos" ( In a Diverse World Sexual Health for All). Espero vocês lá!

http://diamundialdasaudesexualparana.blogspot.com.br/

 


domingo, 12 de agosto de 2012

"Desnudando a Educação Sexual" entre os lançamentos da Bienal de SP

Vai na Bienal de SP? Se for não esqueça de passar no estande (I-88) da Papirus, e conferir o nosso livro "Desnudando a Educação Sexual" que está entre os lançamentos! :)



quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Dia Mundial da Saúde Sexual em Curitiba-Paraná

Vamos participar?
Confira a programação do Dia Mundial de Saúde Sexual no Paraná e venha participar conosco. As inscrições são gratuitas e limitadas! Espero por vocês lá! 
http://diamundialdasaudesexualparana.blogspot.com.br/p/programacao.html 

Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...